Um armário organizado é essencial para ter praticidade para se vestir bem no dia a dia, porque facilita muito a visualização e coordenação das peças. O ideal é analisar cada roupa, vestir, ver se ainda está atual e se é coordenáveis com outras – esse é o meu trabalho! 😉. 

Mas para facilitar, tem algumas perguntas que podemos nos fazer para cada item e ver qual o destino que ele merece! 

1. Há quanto tempo não uso? Ainda vou usar?

Em qual ocasião? Combina com quem sou hoje? Com meu estilo de vida, lugares que frequento? 

2. Com quantas peças posso coordenar? 

Rende muitos looks? 

Independente de ser uma peça básica ou não, o interessante é que ela possa compor vários looks, em diferentes estilos. 



3. Precisa de alguma manutenção? Conserto? Ajuste?

Me serve? Precisa fazer a barra? Apertar? 

4. Valoriza seu tipo físico? 

Você se sente bem usando essa peça? É confortável? 

Cada modelo favorece um tipo físico. Por isso que nem sempre a calça da modelo de veste tão bem. É preciso se conhecer para se valorizar. 



5. Transmite as mensagens que você deseja? 

Qual a mensagem que você quer passar, na sua vida, na sua profissão? Elegante? Confiante? Sexy? Essa peça se encaixa em algum propósito que você deseja transmitir?



6. Quais são os elementos de estilo?

É realmente o seu? Você se identifica? 

Esportivo? Clássico?  Criativo? O importante é revelar o SEU estilo! 



7. Tem utilidade no seu guarda-roupa?

 Faz você se sentir bem? Não adianta ter um armário cheio… e não se identificar com nada! Você precisa se reconhecer lá! No que você tem!